Loading

Último Suspiro

Inocente neste mundo rebelde

propago a minha voz, enquanto sofro,

Aos poucos e em silêncio,

Vivencio a minha morte.


Arrogante o oceano me espera,

Enquanto nele o ego divaga

e aos poucos, meus pensamentos

se misturam com outros.


Pela última vez

adstrito está o meu corpo e a minha consciência.

Pela última vez,

Um suspiro.